Controlo de Emissões
Recuperação de Produto
  • Esquemas
  • Soluções
  • Casos de Estudos
  • Referências
Em processos de Craqueamento Catalítico Fluído (CCF), amplamente utilizados em refinarias de petróleo, a separação e recuperação de pó de catalisadores é uma das principais preocupações.
Normalmente, a concentração de catalisadores após o regenerador CCF costuma ultrapassar os 150 mg/Nm3. Embora essas emissões não representassem nenhum dano ambiental no passado, não eram controladas por separadores ou filtros. A grande preocupação dos responsáveis pelas fábricas era limpar uma fração do gás para produzir energia num Turbo-expansor, ou similar, enquanto concentravam o poluente restante numa fração de gás sujo libertado para a atmosfera.

Com limites de emissão mais rigorosos, os responsáveis pelas fábricas têm de controlar as emissões dos catalisadores e desse modo precisam de um sistema de recolha de partículas muito robusto, capaz de suportar temperaturas elevadas, sendo mais rentável do que os, muito caros, filtros sinterizados. O sistema deve ser colocado imediatamente após o regenerador ou após o separador de partículas a montante do turbo expansor.
 
As necessidades do cliente incluem um sistema de ciclones pouco exigente a nível de manutenção e suficientemente eficaz para cumprir com os limites de emissão regulamentados, evitando o uso de um filtro.

Black Powder é um contaminante sólido encontrado em sistemas de transmissão e distribuição de gás natural em todo o mundo. É constituído principalmente de óxidos de ferro, sulfetos de ferro e alguns de sílica que resulta da erosão e corrosão interna de tubos de aço ao carbono.
Quando o pó preto esta agarrado a parede ou pousado no fundo do tubo, este aumenta a rugosidade, diminui a área de fluxo e aumenta a queda de pressão. Ele pode causar uma grande variedade de problemas, incluindo a contaminação do produto, o desgaste em compressores por erosão, instrumentos entupimentos, bem como, a erosão e problemas de vedação em válvulas. Os danos nos equipamentos são transversais a grandes caldeiras em fabricas e também eletrodomésticos residenciais. Uma solução adequada iludiu fornecedores até agora. Os ciclones comerciais disponíveis só são eficientes para partículas de maiores dimensões e os filtros de cartuchos entopem continuamente, às vezes várias vezes por dia. Separadores magnéticos resultam em investimentos muito elevados. As operações de manutenção exigem muita mão de obra tempos de paragem elevados.

As necessidades dos clientes incluem um sistema muito eficiente de final de despoeiramento, para aplicar a montante ou em vez de filtros de cartucho, que pode garantir a recolha de partículas para todo o espectro de tamanhos de partículas, e, simultaneamente, reduzir os custos de manutenção e operação.
Mostrar tudo